Clínica de Massagem Corporal Tântrica Brasília

Clínica de Massagem Corporal Tântrica Brasília

Em Brasília somos referência em terapias tântricas como seus rituais e suas diversas modalidades de massagem, em nosso espaço terapêutico atendemos homens e mulheres.

A massagem que aplicamos busca desenvolver o ser, expandido sua consciência corporal como um todo. Nossas massagistas e terapeutas são qualificadas e certificadas na terapêutica tântrica, onde se busca a evolução do ser.

Nosso espaço de massagens está em local de fácil acesso em Brasília, decorado especialmente para dar o maior conforto a você.

Muitas são as dúvidas referentes aos métodos tântricos de massagem, por isso fizemos um breve resumo do que você encontrará aqui em nossa clínica terapêutica corporal Tântrica, veja os princípios básicos.

O Tantra diz para observar 3 consciências:

Consciência 1 : Deixe a mente seguir em frente, deixe-a ser preenchida com pensamentos, e você simplesmente observa desapegado. Seja apenas o observador, aos poucos percebera que os intervalos de silencio começaram a vir a você.

Consciência 2 : Quando percebe os intervalos, esta consciente do observador, então começará a observar o observador, apos ele desaparecera de seus pensamentos, então o silencio real surgira.

Consciência 3 : Tanto o objeto como o sujeito desaparecem, e você ingressa na totalidade.

Quando esses 3 pontos forem atingidos, o corpo purificado das repressões, os sentidos livres do embotamento e a mente liberada do pensar obssessivo, surge em você uma visão livre de todas as ilusões; esta e a visão tantrica.

A explicação de Kundalini Shakti, e de Sadhana ou pratica ligada a seu desenvolvimento, que ocupa um lugar de destaque no esquema do Tantra Shastra. O Poder Supremo que reside no corpo humano e simbolizado pela Kundalini vista como uma minúscula serpente que repousa enrolada em Muladhara, na base da coluna espinal, até que seje despertada e atravesse os seis centros ou chakras e atinja Sahasrara, resultando na consumação da bem-aventurança máxima.