Massagem para dores Musculares

Massagem para dores Musculares

Esta terapia não é apenas uma massagem, tem como objetivo principal a manipulação óssea e dos tecidos moles, que coloca as articulações na sua postura anatômica, reequilibrando e melhorando a postura do paciente.

Todas as partes do corpo funcionam juntas de uma forma integrada, se uma das partes está limitada, as restantes deverão sofrer adaptações e compensações, eventualmente levando a inflamação,à dor, à rigidez e outros problemas de saúde

Os movimentos tem o auxílio de cremes ou óleos hipoalérgicos e sem cheiro que ajudam no deslizamento do toque.

Indicações da massagem:

  • Alívio de tensão, contraturas e rigidez muscular
  • Regeneração dos músculos fatigados
  • Relaxamento do sistema nervoso central e periférico
  • Estimulação da circulação sanguínea e tonificação dos órgãos internos
  • Alívio de dores em geral

Contra indicações para esta massagem:

  • Pacientes com varizes, pele inflamada, epilepsia
  • Pacientes com a bexiga ou estômago cheio
  • Pacientes com articulações que estejam lesionadas

Massagem Desportiva

O objetivo desta massagem é acalmar o tônus muscular utilizando diversas técnicas corporais para ajudar na recuperação/tratamento de lesões físicas e na melhoria dos seus objetivos relacionadas com a prática do desporto.

Aqui pretende-se o alívio da dor causada for esforços múltiplos e na expansão da mobilidade individual.

Esta massagem é também muito utilizada para aquecer ou preparar os músculos antes do treino, sejam em atletas amadores como em atletas de alta competição aumentando assim a sua performance. Facilitando também as suas capacidades e habilidades, como força, resistência e velocidade.

Esta técnica é efetuada por fisioterapeuta ou por massoterapeuta clínica, ambos com profundos conhecimentos em anatomia, miologia e osteologia.

Atenção: Quando mais se ignora uma lesão, mais susceptível fica-se para novas lesões e dores musculares

Como todo tratamento, esta terapia de massagem requer sessões periódicas.

O ideal será tratar esta disfunção logo no início, quando começam as primeiras dores, o que permite uma resolução muito mais simples e eficaz.